Cartas para Beto




            Dias simples sempre são mais divertidos e marcantes do que aqueles que você planeja semanas ou meses para acontecer. Foi nesses dias simples que Beto teve a ideia de fazermos um jantar improvisado para um casal de amigos nossos. No máximo, fui a um mercadinho aqui do lado de casa, comprei vinho, alguns petiscos, mas, de resto foi tudo improvisado.
            Os jantares aqui em casa sempre foram regados de vinho, muita conversa fora e uma MPB bem de leve e baixinha no fundo da sala, nossos amigos vivem dizendo que nossa casa é pequenina, mas calorosa.
Como eu e Beto não temos filhos preferimos optar por um apartamento de um quarto, com uma varandinha delicada que é o nosso cartão de boas vindas, uma cozinha relativamente espaçosa, uma sala média e um banheiro muito simpático com azulejos azuis.
Nas conversas com nossos amigos Beto sempre liderou os papos com muita sabedoria. Antes de conhecê-lo ele sempre foi um homem muito viajado, fez cursos em alguns países e sempre gostou muito de aprender novas línguas e novas culturas. Fiquei observando meu gigante lindo introduzindo assuntos tão interessantes, sempre com tanta desenvoltura e inteligência de quem realmente entende do assunto. Me peguei olhando feito boba para o homem que não é galã de tv e nem é o super homem e o achei o mais incrível dos caras. Sempre o admirei pelo seu bom papo, pela sua astúcia, sua facilidade de envolver as pessoas ao seu redor com papos cabeça e até os mais fúteis, sempre com vivacidade e bom humor. Beto podia ser muitas das vezes, quieto e introspectivo, mas quando estava com pessoas íntimas ele realmente se abria para o mundo  e revelava o que só eu sabia: um homem bem humorado e engraçado.
Ainda bem que ele nas conversas sociais ficava tão envolvido que não percebia a minha cara de boba apaixonada, nunca o disse o quão fantástico ele era, o quanto eu era feliz ao lado dele. E de repente ele se virou para mim e com um sorriso no canto da boca respondeu sem mexer os lábios: também sou feliz ao seu lado!

Ouvindo: The Scientist - Coldplay

13 comentários:

  1. Que amor de texto! Pude imaginar o quão gostoso é visitar o seu lar. Tem sentimentos que não precisam ser ditos para ser sentidos, né? E o mais incrível é que por mais que a gente conviva com a pessoa nunca deixamos de admirar os seus pequenos detalhes!

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, Karina.
    Já estava com saudades do Beto hehe. E ainda continuo querendo um igual pra mim. Que homem é esse gente, acho que ai ficar igualzinho admirando ele hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  3. Great post babe thanks for sharing ♥
    Love the pic♥
    Would you love to follow each other? Let me know on my blog ♥ xoxo

    BLOG
    INSTAGRAM

    ResponderExcluir
  4. Owwnnn que gracinha essa carta. Essa sensação e sentimento é tão gostoso, né?

    Beijo!
    Cores do Vício

    ResponderExcluir
  5. Que texto maravilhoso, fico feliz que tenha alguém tão bacana ao seu lado <3
    Beijossss
    www.opsquerida.com.br/
    www.instagram.com/siteopsquerida/

    ResponderExcluir
  6. "You don't know how lovely you are" 🎶 AMO The scientist 😍 Tava com saudade de ler seus contos, Ka!
    Bjs
    http://acolecionadoradehistorias.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Que texto maravilhoso e marcante.
    Já tive momentos assim também, aqueles dias normais sem nada de mais, mas que em um Segundo a gente olha nor olhar da pessoa e descobre o quanto a ama.

    Abraço e ótima semana
    http://mylife-rapha.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Amei seu texto, até por que descreveu uma vida quase perfeita... um lar conchegante e um homem inteligente. Tenha um ótimo dia, beijos!

    Blog Paisagem de Janela
    www.paisagemdejanela.com

    ResponderExcluir
  9. Texto maravilhoso amei, obrigado pela visita.
    Blog: https://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com/
    Canal:https://www.youtube.com/watch?v=DmO8csZDARM

    ResponderExcluir
  10. Que amor esse texto, acho que esse sentimento de admirar a pessoa que você ama é algo maior que tudo
    beijos
    http://lolamantovani.blogspot.com

    ResponderExcluir