Crises de ansiedade. Até que ponto é normal?


Vocês já pararam para perceber que estamos caminhando cada vez mais para uma sociedade mais ansiosa? E quais os problemas que isso pode ocasionar para o nosso organismo? Estresse, dores, insônia, doenças. Essa posição que o mundo nos coloca de que temos que nos formar numa idade x, temos que ser bem sucedidos na nossa profissão antes dos 30 ou precisamos casar para construir uma família, se não vamos morrer sozinhos, entre outras exigências que não apenas os outros nos fazem como nós também nos fazemos. 

Essa obrigação de que temos que ter tudo para ontem está nos deixando doentes, não apenas fisicamente como também emocionalmente. Parece que o nosso melhor nunca é o bastante. Agora eu pergunto para vocês: Nós estamos dando nosso melhor para quem? Para os outros ou para nós mesmos? Será que estamos nos doando ao ponto de não percebemos que estamos atravessando a barreira do limite e nos fazendo mal? 

Tenho pensado seriamente em voltar a fazer análise para me ajudar com as crises fortíssimas de ansiedade as quais eu venho sofrendo. Quando eu percebi que eu estava me doando mais do que eu estava recebendo e ficando doente por causa das crises de ansiedade, eu percebi que eu ultrapassei a barreira do limite e ficando doente com isso. Precisamos parar por uns instantes, parar de correr tanto e prestar mais atenção nos sinais que o nosso corpo nos dá para enfrentarmos com otimismo essa loucura da nossa sociedade. 

16 comentários:

  1. Triste realidade, sempre tive ansiedade e isso me impossibilitava de fazer várias coisas. Só quando sai de casa e precisei enfrentar algumas situações sozinhas que vi uma melhora. A gente precisa muito estimular o auto conhecimento, as boas essências e atitudes, nosso mundo está cada vez pior! ❤

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  2. Eu devido ao stress já tive um surto psicótico...
    Xoxo from Portugal

    marisasclosetblog.com

    ResponderExcluir
  3. A ansiedade e depressão são os grandes problemas desses tempos, e o pior é que não são tratados com a seriedade que merecem
    Beijos
    lolamantovani.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Karina, tudo bem: Eu sempre sinto que estou doando mais do que recebendo, é um tanto constante na minha vida e tenho pensado em fazer terapia tb, super me identifiquei com seu texto!! Adorei!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Oi, também penso que precisamos prestar atenção a nossa volta e em nós mesmos. Quando percebemos que algo nos afeta profundamente precisamos reavaliar e se necessário procurar ajuda.
    Charme-se

    ResponderExcluir
  6. Eu consegui sair um pouquinho da minha ansiedade extrema, mas quando me sentir mais confiante também quero fazer terapia, para que trate a fundo do problema e não me deixe voltar outra vez ao mesmo.

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  7. Por acaso também ando super ansiosa com estas fases de testes e da media...
    Beijinhos, http://damselme.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  8. Olá, Karina.
    Eu já estive bem pior. Chegava a querer ficar trancada dentro do quarto e nunca mais sair de lá. Mas acho que os livros me ajudam bastante a não ter essas crises. E com a idade as cobranças e as expectativas diminuíram e por isso eu melhorei. Mas é um doença terrível e que cada dia tem mais pessoas sofrendo com ela.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  9. é uma triste realidade que nessa geração querem as coisas pra ontem e não tem paciência, assim como está hoje, penso como vai estar a sociedade daqui alguns anos, o mundo está cada vez piorando :(

    Beijos
    www.mandyliine.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Realmente é um problema que está atingindo cada vez mais a nossa sociedade
    os relatos de uma jornalista

    ResponderExcluir
  11. eu sempre fui ansiosa demais, mas nunca cheguei ao ponto de não conseguir fazer as coisas por causa disso. acho que quando chega nesse ponto, a coisa já tá meio descontrolada, né?

    ResponderExcluir
  12. Olá minha querida
    Crises de ansiedade é um assunto muito sério e que muita gente não leva a sério e acha capricho.
    Muitos parabéns por abordares o tema desta maneira :)
    Obrigada por abordares este tema no blog :)

    ResponderExcluir
  13. Olá Karina
    Achei a postagem muito interessante, eu tive crises de ansiedades muito fortes ano passado causado por um fim de relacionamento, e apesar das crises serem muito fortes minhas crises foram consideradas normais, pois após uns 2 meses eu já havia me recuperado, então eu achei muito importante seu post!
    Beijos <3

    estanteclassica.blogspot.com

    ResponderExcluir
  14. A ansiedade faz parte de nossas vidas infelizmente.. uma das coisas que tem me ajudado bastante é meditar. Mas muitas vezes a ansiedade é tanta que nem disciplina para a meditação às vezes tenho! Precisa de muito treino e análise mesmo!
    Ótimo artigo!

    Beijos!
    jenifercruuz.com

    ResponderExcluir
  15. Procure ajuda mesmo! Ter isso é horrível :(
    espero que fique bem logo.

    Beijos
    www.apequenaka.com

    ResponderExcluir
  16. mt bacana esse post, eu tenho problema medico com ansiedade e realmente quem se sente assim tem que procurar ajuda profissional

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir