Olá pessoas queridas!
Fiz um top de amizades. Não conheço todas as séries, mas se tiver alguma que vocês curtem que ficou de fora dessa seleção, deixem aqui o nome nos comentários que eu vou pesquisar, me aprofundar na história e colocarei aqui na próxima. 

FRIENDS
Começaremos por Friends, não tem como deixar de fora o clássico de amizade de séries mais lembrado nos últimos dez anos e o nome já diz tudo. A clássica série de comédia onde amigos dividiam o mesmo apartamento, nas maiores trapalhadas e nos divertiam com piadas leves e bem humoradas. 


Pretty Little Liars
Comecei a ter oportunidade de assistir PLL esse ano e já estou acabando a segunda temporada. Tenho mania de começar a assistir séries depois que elas acabam, mas o quinteto de Aria, Hanna, Spencer, Emily e Alison não poderia ficar de fora dessa já que elas provam a todo momento que sempre estão ali do lado quando alguma delas sofre perigo ou tem sua vida arriscada por A. O suspense de Pretty Little Liars nos deixa a todo o momento roendo as unhas, a gente nunca sabe quem pode ser a próxima vítima. 

The Vampire Diaries
As amigas Elena, Bonnie e Caroline tiveram muitos momentos fofos e marcantes e sempre arriscando a própria vida para o bem do grupo e das pessoas que amavam. Com muita mordida de vampiro, muito sangue, muito desligamento da humanidade elas ainda estão ali apoiando uma a outra.
The OC
A amizade do quarteto Seth, Ryan, Summer e Marissa. Ou simplesmente só Summer e Marissa ou Seth com Ryan, sempre quando se juntavam eles se metiam em confusões e os mesmos consertavam ou tentavam consertar em muitos episódios que eram mais agitados, em que eles tinham que correr de um lado para o outro ou até mesmo "voar" com o próprio carro para salvar uns aos outros. São meus amigos favoritos, fizeram parte da minha adolescência e já revi The OC umas quatro a cinco vezes. 

 Full House / Fuller House
DJ e Kimmy é a prova de que a amizade pode durar uma vida inteira, tanto na série quanto na vida real. A Candace e a Andrea que interpretam DJ e Kimmy desde a infância são BFF também na vida real. Dou vários berros quando saem fotos delas juntas fora dos bastidores. Aquela amizade margarina que você cresce com a pessoa e depois ela vê os seus filhos nascendo e crescendo, aquela amiga que faz parte da sua família também. 


Full House / Fuller House
Mais uma vez repetindo, essa série é tão gostosa que todo mundo do elenco sempre foi super unido e amigo, muito raro de se ver. Não poderíamos esquecer de Jesse, Danny e Joe. Aquela amizade vintage que vigora desde os anos 80 na tv e fora dela.

Gossip Girl
Também existe amizade na elite de Manhattan. Blair, Chuck, Nate e Serena estão sempre correndo contra o tempo para livrar a cara de um dos seus contra as fofocas da Gossip Girl e de outros vilões que aparecem ao longo das temporadas. Com muito champanhe,  muita passagem de primeira classe, muito dinheiro, subornando a tudo e a todos, eles sempre estão lá quando um deles chama.  

Stranger Things
Acho muito bacana a amizade deles dentro da série e fora dela. Dispensa comentários para Stranger Things.


Full House foi um sucesso dos anos 90 por oito temporadas e ainda lançou talentos como Mary-Kate e Ashley Olsen. E trinta anos depois os fãs foram deliciosamente recebidos com a notícia de que a Netflix produziria a volta desse seriado tão marcante na infância de todos nós, com a mesma proposta e com o mesmo elenco. 


Sinopse
Como na série original, a sitcom se passa em San Francisco. D.J. Tanner-Fuller (Candace Cameron Bure) perdeu recentemente o marido. A sua irmã mais nova, Stephanie Tanner (Jodie Sweetin) aspirante a cantora, e DJ. E sua melhor amiga, mãe divorciada, Kimmy Gibbler (Andrea Barber) – e sua filha adolescente Ramona (Soni Nicole Bringas), todas se mudam para a casa de D.J. para ajudá-la a cuidar dos três filhos dela – o rebelde Jackson (Michael Campion), de 13 anos, o neurótico Max (Elias Harger), de 7 e o bebê Tommy (Dashiell e Fox Messit). Mais tarde, Kimmy reata com o marido Fernando (Juan Pablo Di Pace) que passa a morar e a pertencer aquela família também.

Apesar de algumas piadas prontas, previsíveis e repetidas Fuller House não perde a magia do básico sitcom de comédia hollywoodiano com lições de moral nos finais de cada episódio, da mesma maneira que era representado a série original. Eu acho que está faltando na TV séries e novelas leves, que buscam retratar, mesmo de forma caricata e rotineira, a leveza, a suavidade e que sirvam de exemplos positivos para crianças e adolescentes. 

2017 foi o ano que Full House completou 30 anos desde que o seu primeiro episódio foi ao ar, Fuller House veio com a mesma proposta e temática, mas se adaptando com a transformação do mundo, da sociedade de uma forma bem atual e divertida. É muito bom quando você é fã de uma série e você enxerga aqueles personagens ainda crianças e adolescentes e após 30 anos elas já são mães, cada uma com a sua profissão e o que deu certo e errado na suas vidas. É como se você nunca tivesse deixado de acompanhar a vida delas, a gente sempre quer ver um pouquinho mais do último episódio, da última temporada. Ah, o que aconteceu na vida do fulano? O que aconteceu depois do "e foram felizes para sempre"? Fuller House já se encontra na terceira temporada e todas podem ser encontradas na NETFLIX.

Uma salva de palmas para a NETFLIX que nos trouxe novamente uma série tão gostosa sobre família, amizade e união. O mundo está precisando de histórias mais leves, de histórias assim que nos enchem de orgulho por sermos fãs. 
                                                                         O ELENCO NOS ANOS 90