Nós mudamos, mas nem sempre o outro muda. Deixe ir.

Hoje eu vim falar sobre as mudanças da vida, sobre as nossas mudanças interiores. Esse ano, eu tenho me descoberto bastante, tenho prestado mais atenção nas coisas que eu falo, nas coisas que eu escuto, nos sinais que a vida dá.  Eu tenho dado preferência para ficar em casa ultimamente, porque você sai e se aborrece, gasta um dinheiro que não pode e para se sentar com pessoas babacas que estão ali para te cutucar, para falar besteira no seu ouvido e você ainda tem que dar um sorriso amarelo e fingir que ta tudo bem só para não causar um climão. Não sei se é uma influência do meu signo, gêmeos, (por ser versátil e aberto a mudanças) ou se é uma característica da minha personalidade mesmo, mas eu sempre me vi mudar muito rapidamente, as vezes de ano para ano, de seis em seis meses eu percebia como meus pensamentos e minhas atitudes iam tomando uma outra forma e proporção. 

Mas, tem certas pessoas do nosso cotidiano que não segue o mesmo ritmo que o nosso. As vezes, são pessoas que estão sempre com a gente, que fazem parte da nossa rotina, mas elas não se encaixam mais na nossa vida. Ou nós podemos ficar meses ou anos sem ver uma determinada pessoa, mas quando a encontra você percebe como aquela pessoa continua a mesma e ela não se encaixa mais no que você é hoje em dia, provavelmente se encaixava na pessoa que você era. Tem gente que não muda, não adianta. Para nós mudarmos estamos que estar abertos a ouvir, a dar opinião sem ofender, a não agredir, a não impor. Tem gente que aparece na sua vida para te agredir ou para te colocar para baixo, te menosprezar. 

Eu acho que ninguém precisa disso, o mundo já está tão cheio de críticas, nós precisamos de gente que nos coloque para cima, de gente que nos incentive e que nos defenda quando não estivermos presentes. Claro, somos todos falhos, não digo que sou a pessoa mais centrada e coerente do mundo, mas se eu não puder ajudar, eu procuro não criticar mais. Se nada que sair da sua boca for positivo ou construtivo na vida de alguém o que você está fazendo nesse mundo? Estamos rodeados de pessoas que é tudo "eu", "eu agiria assim", "eu sou assim", o meu ego. Você já parou para pensar em se auto criticar um pouquinho ao invés de só criticar o outro? O que pode ser certo para você pode ser errado para outra pessoa e tudo bem. Que bom que vivemos com pessoas que pensam diferentes de nós. Tem gente que só critica o outro para se sentir importante, para se sentir melhor. E temos que nos afastar mesmo, temos que estar cercado de pessoas que tem a mesma sintonia que a nossa. Bloqueie mesmo, exclua mesmo, se afaste mesmo, ninguém é obrigado a nada. Não se aborreça, não desça o mesmo nível. Eu mudei muito nisso, não me aborreço mais, me afasto e fim de papo. Afinal, temos que andar com pessoas que nos sentimos bem, que nos faça bem, que vai acrescentar algo de positivo na nossa vida. Pessoas que vão te ajudar a crescer, não com ofensas, não impondo, mas sim com cumplicidade, com companheirismo. Pessoas que nos colocam para cima são poucas.

21 comentários:

  1. Adoramos seu conteúdo!! E te convidamos a conhecer nossos trabalhos com BLOGS - LAYOUTS COMPLETOS - PÁGINAS - YOUTUBE - MÍDIA KIT - E MUITO MAIS . Esse mês promoção especial 📣 Venha nos conhecer realizamos sorteios e parcerias todo mês
    Instagram @ruthdesignweb clique aqui

    Portfólio clique aqui

    Facebook clique aqui

    Email : ruthdesignweb@gmail.com

    ResponderExcluir
  2. Olá, Karina.
    Mais um ótimo texto para reflexão. Também sou geminiana hehe. Eu acho que esse tipo de mudança acontece com a idade. Eu mudei muito nessa questão também quando amadureci e percebi que não era mais aquele tipo de coisa e de pessoas que eu queria perto de mim.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  3. Isto é tão verdade! Toda a gente cresce de diferentes formas, e é importante aceitarmos que certas pessoas fazem sentido só em certas alturas da vida.
    la veine chronicles

    ResponderExcluir
  4. Oi Karina, tudo bem?
    Concordo com você, nem todo mundo muda na mesma velocidade que a gente. Faz parte! O jeito é seguir a vida.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  5. Te entendo perfeitamente e concordo com tudo o que você falou! Adoro textos assim, de desabafos e que ao mesmo tempo nos fazem refletir...
    www.boas-depapo.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Amei o texto. Eu sou completamente relutante a mudanças, só que quando vejo que não tem jeito mudo mesmo e me afasto de tudo que é ruim.
    Beijos
    http://lolamantovani.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Oie Karine =)

    A verdade é que sempre estamos passando por algum tipo de mudança. Às vezes elas são bem perceptíveis outras só nos damos conta delas mais tarde.

    Por isso é tão importante ser desapegada tanto de coisas como de pessoas. Por que nem tudo é permanente em nossa vida. As coisas mudam e simplesmente precisamos deixar aquilo que não se encaixa mais em nossa vida partir.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  8. Cada pessoa possui uma essência e não temos direito de querer mudar alguém, não sabemos quais bagagens ela carregou para ser como é. Ela precisa querer ser melhor! ❤

    www.kailagarcia.com

    ResponderExcluir
  9. que texto mais lindo, é exatamente isso, mts vezes estamos num momento que a outra pessoa nao está e nao ha nd que possamos fazer para mudar isso

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  10. O seu texto podia ser escrito por mim, eu gosto de mudanças e acho que são essenciais! E compreendo essa coisa de estar mais casa e na nossa melhor companhia, eu gosto muito de estar na minha própria companhia, só assim consigo apreciar outras companhias que merecem a minha atenção. Mas talvez tenha a ver com o signo, também sou gémeos! =)

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  11. E ainda bem que mudamos!
    Que bom que você tem essa perspectiva, consciência sobre si mesmo é um presente.
    Concordo com deixar ir, a vida é tão curta pra ficar se limitando a gente "pequena".

    http://rascunhosehistorias.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Verdade Karina, não faz sentido continuar um relacionamento com alguém que não tem mais a ver com a gente, que só nos coloca para baixo. A vida é muito curta para perder tempo com pessoas assim!

    Não Me Mande Flores

    ResponderExcluir
  13. Nossa, muito verdade mesmo! Evoluir é essencial, e às vezes, quando a gente evolui, acabamos percebendo que certas pessoas nem deveriam estar ali, do nosso lado, né? Já faz um tempo que comecei a me afastar de pessoas que me deixam pra baixo e olha, não existe coisa melhor!
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
  14. Parabéns pelo excelente texto de reflexão, é sem dúvida fantástico. Sempre que passo por aqui encontro coisas muito boas e muito bem trabalhadas!

    Beijinhos <3 /Andreia

    https://damselme.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
  15. Adorei!

    http://iameleine.blogspot.com/
    http://www.instagram.com/iameleineblog/

    ResponderExcluir
  16. Texto lindo e nos faz refletir, acredito que é preciso respeito sempre. Pessoas vazias é melhor deixar ir.
    Charme-se

    ResponderExcluir
  17. Verdade Karina, às vezes quem muda é a gente e isso não é ruim. Há pessoas que me eram muito próximas há anos atrás que hoje se tornaram praticamente estranhas. Até certo ponto já me senti culpada, mas a verdade é que a vida nos muda e certos distanciamentos não são ruins. E o que você diz é bem verdadeiro, pessoas que não acrescentam e só te prejudicam não valem a pena, e também precisamos tomar cuidado para não sermos nós essas pessoas. Autoavaliação é sempre necessário.
    Ótima reflexão.
    bjus
    Amanda Almeida
    http://blog.amanda-almeida.com.br/

    ResponderExcluir
  18. estamos sempre em evolução, não é mesmo??

    adorei o texto e me identifiquei muito no primeiro parágrafo. gosto muito de ficar em casa, às vezes até dá vontade de sair mas é só passar meia hora fora de casa que já me arrependo, viu?

    ResponderExcluir
  19. Olá, Karina, tudo bem?
    Adorei seu texto e sua reflexão.
    Quando eu era mais nova, eu até julgava quando alguém mudava de opinião sobre alguma coisa etc...Muito preconceito, né? Só que a vida me guardou muitas mudanças, das quais eu mesmo duvidava que fossem capaz de acontecer. Hoje eu entendendo que mudar faz parte da evolução, faz parte do crescimento pessoal. E procuro me afastar de pessoas que não entendem isso, pois muitas delas (pelo menos as que me cercavam) vinham com uma carga negativa para cima de mim e eu tinha, por muitas vezes, agir que nem você: dar um sorriso amarelo e seguir o fluxo. Mas isso nunca me deixou a vontade com a situação, nem com a pessoa. Então, às vezes, é bom se afastar mesmo.
    ótimo texto! Já estou seguindo seu espaço!
    Beijos
    5 O'clock Tea

    ResponderExcluir
  20. Oi Karine!

    Que texto lindo! Concordo com tudo que disse! Precisamos estar preparados para as mudanças que acontecem dentro de nós e se alguém não consegue acompanhar esse processo é melhor se distanciar. É cada vez mais raro pessoas que colam com a gente, por isso precisamos ficar atento aos sinais. As pessoas sempre se revelam nos detalhes.

    Beijos

    Vivian
    Saleta de Leitura

    ResponderExcluir
  21. Muito obrigada por esse texto, Karina! Era o que eu tava precisando ler, chegou no momento certo. Apenas, obrigada. <3

    Beijos, quebrarosilencio.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir