Espiral



Estava relendo alguns textos meus que são bem antigos e quero compartilhar aqui com vocês. Relevem, ele é de 2009 para 2010, mas eu o acho fofo, apesar dele ser simples e não ter muito desenvolvimento técnico, foi bem no começo quando eu comecei a escrever. Ainda bem que a minha escrita melhorou muito hehehehe.


Venha segurar a minha mão eu quero sentir a vida. Enquanto eu sinto que estou feliz nada pode tirar você de mim. Eu sonhei e minha alma viajou milhões de anos luz só para encontrar respostas, estou encontrando-as, mas enquanto os dias passam vão mudando as perguntas. Eu sonhei de novo e encontrei o seu olhar cruzando com o meu. Nada parece está tão ruim quando eu te tenho aqui e lembrando que você me dizia “depende do modo como você vê as coisas”. Eu caminhei tanto e cheguei tão longe, mas essa estrada não parece ter fim, foi nessas curvas que você se perdeu de mim. Eu tenho conversado com a paciência e com a distância e te digo que eu ando tão mais leve, mais solta. Não estou correndo atrás de nada e nem correndo mais do que minhas pernas aguentam. E se um dia desses o seu caminho voltar a se cruzar com o meu eu não mudarei de esquina.

13 comentários:

  1. Oie Karina =)

    Gosto de reler meus textos antigos também, até por que as vezes eles parecem bem atuais rs... Engraçado como a vida é cíclica né?


    Adorei seu texto em especial a parte que fala da conversa com a paciência. As vezes precisamos apenas esperar as coisas acontecerem no momento certo de nossa vida, mesmo que elas demorem um pouco para isso.

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.


    ResponderExcluir
  2. Seu texto é incrível e lindo, simples porém profundo e nos aflora sentimentos.
    Charme-se

    ResponderExcluir
  3. Olá, Karina.
    Eu gosto de ler o que as pessoas escrevem logo que começam. A essência está lá, mesmo não tendo tanta técnica hehe. Gostei bastante de mais esse texto seu.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  4. achei bem lindo ♥
    é muito bom reler textos antigos né? sempre vemos o quanto evoluímos!

    ResponderExcluir
  5. Oi Karina, é bacana demais reler nossos textos mais antigos, né? A gente vê como nosso estilo evoluiu e relembra os temas que eram importantes para a gente na época... Legal demais!

    Um beijo :*
    Não Me Mande Flores

    ResponderExcluir
  6. O texto é bem bonito, de vez em quando também gosto de ir ler textos que escrevi há algum tempo, é sempre interessante ver o que sentíamos naquela altura e comparar aos dias actuais.

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  7. Tão bonito o texto! Obrigada pela partilha :)
    la veine chronicles

    ResponderExcluir
  8. que ideia legal relembrar textos antigos, dá uma super nostalgia neh!
    Blog Entrelinhas

    ResponderExcluir
  9. Reler textos antigos é sempre o máximo, né? Eu adoro fazer isso e é muito legal ver o quanto a nossa escrita evoluiu com o tempo. Mas agora falando do texto: que amor! Acho que é bem assim que a temos que lidar com essas situações, se for pra ser, vai ser, nos resta esperar e aproveitar a oportunidade se ela chegar ^^
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
  10. Que texto lindo, é tão bom reencontrar as coisas antigas e com elas achar lembranças também
    Beijos
    lolamantovani.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Amei! É tão legal reler textos antigos <3

    mariasabetudo

    ResponderExcluir
  12. Oi Karina, tudo bem?
    Também gosto de ler textos antigos! Gosto de ver o quanto mudei/amadureci (ou não hahaha).
    Parabéns pelo texto! A imagem escolhida também é impactante.
    Beijos,

    Priih
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir