Analisando Gossip Girl - Uma série teenager, mas totalmente adulta

Gênero: Drama
Duração 2007 - 2012 Seis Temporadas
Criadores Josh Schwartz e Stephanie Savage
Do Livro: Gossip Girl de Cecily von Ziegesar

Gossip Girl here, your one and only source into the scandalous lives of Manhattan's elite. Who am I? That's one secret I'll never tell. You know you love me. XOXO, Gossip Girl.

Tradução
Gossip Girl aqui, sua única fonte por dentro dos escândalos da elite de Manhattan. E quem sou eu? Esse segredo eu nunca vou dizer. Vocês  sabem que vocês me amam. Beijinhos, Gossip Girl. 


Quem nunca ficou com esse textinho da abertura gravado na sua memória e quem nunca reproduziu em voz alta imitando a narradora, que atire a primeira pedra? hahaha

                                                                             Queen B

Há dez anos atrás ia ao ar o primeiro episódio de Gossip Girl, um fenômeno que se tornou ícone de uma geração inteira. Com cenas belíssimas externas gravadas pelas ruas e pelos pontos turísticos de Nova York. A série aumentou a quantidade de turistas, além de outdoors estampados com as caras do elenco se tornando ícone de moda, de comida, de música e de bares. Se você quer conhecer a comida de Nova York, assista Gossip Girl, se você quer ter uma ideia dos pontos principais da cidade, assista Gossip Girl, se você quer conhecer a música e a vida noturna de Nova York assista Gossip Girl. A série ditou moda, quem nunca quis usar as faixas e os arcos da Queen Blair na cabeça? Ou aqueles vestidos maravilhosos da Serena? Com várias participações de estilistas famosas do mundo em vários episódios, a série foi tão explosiva que até o ex presidente OBAMA citou Gossip Girl numa transmissão pública. Além de Nova York, a série nos deu o privilégio de encher os nossos olhos com as paisagens deslumbrantes de Paris e Los Angeles, já que alguns episódios foram gravados lá também.



 Na minha opinião, era para ser uma série adolescente, mas Gossip Girl sempre foi muito adulta com pano de fundo juvenil, os exageros nas cenas de drogas, álcool, sexo a trois, causou polêmica entre os pais dos jovens que assistiam a série. Se a série fosse lançada agora nessa geração, onde todo mundo problematiza o problema acredito que os autores teriam mais cuidado ao retratar certos assuntos que deixaram a gente de boca aberta várias vezes. Teríamos mais cenas de amizade entre Serena e Blair e menos brigas entre elas, seriamos mais Blerina.








Eu sou super fã do Josh, ele consegue sempre retratar muito bem a elite jovial americana com ótimos conflitos e uma pitada de comédia, ele é o mesmo autor de outro sucesso anterior The OC e está para lançar agora em outubro a primeira temporada de Dynasty como sempre mostrando as mansões milionárias que é o seu forte, que eu estou doida para assistir. 
                                                           Quinta temporada - Mais adultos
Acredito que até hoje os atores não conseguiram se desvincular dos personagens que foram bem marcantes como é o caso do Ed (Chuck) e da Leighton (Blair). Quando o Ed vem ao Brasil, ele é sempre perguntado um possível remake de Gossip Girl. Eu como adoradora de séries está para nascer um casal que tenha tanta química quanto Chuck e Blair, eles deixam qualquer pessoa sem fôlego. O outro casal da série Serena e Dan nunca conseguiu me convencer e foram ofuscados pelo talento da Blair, considerada a alma do seriado pela critica. Para mim sempre foi muito claro que o Dan era a Gossip Girl, por ele ser o escritor da série e por ele ser o menino pobre que se vitimiza que faz tudo para entrar no mundo dos ricos e se socializar com eles. Não sei para vocês, mas para mim teve muita lógica ele ser a Gossip Girl, só poderia ser ele ou a Jenny. 
                                                                      Blair e Chuck

"O Upper East Side era algo como Fitzgerald ou Thackeray. Adolescentes agindo como adultos, adultos agindo como adolescentes, guardando segredos, espalhando fofocas, tudo com a pompa de uma riqueza enorme. E a filiação nessa comunidade é tão elitizada, que você não pode comprar a sua entrada. Era um direito de nascença, um direito que não tive e que minhas maiores realizações nunca me fariam conquistar. Tudo o que eu tinha em comparação era o que tinha lido, mas isso me deu a ideia. Como eu não tinha nascido nesse mundo, talvez eu pudesse escrever como alguém que estivesse dentro. Ouvi conversas o suficiente para imitar a linguagem das meninas da Constance, mas todo escritor precisa de uma musa. E quando vi a foto de Serena, naquele vestido branco, eu soube que teria algo forte para criar uma lenda. E lançar um site. Em algumas semanas, recebi dezenas de e-mails, com histórias sobre Upper East Siders, então eu postei tudo anonimamente. E então consegui mais. Em pouco tempo o blog virou um monstro. Todos enviaram informações. E quando Serena voltou do internato eu escrevi o primeiro post sobre mim… Garoto solitário, o invisível, o oprimido . Eu me tornei uma piada, mas pelo menos estavam falando de mim”
                                                                        Dan e Serena
Gossip Girl faz todo sentido, o poder, os romances, as vilanias, desvio de dinheiro, tráfico, a forma como se usavam e usavam a Gossip Girl para alguma informação importante e para denegrir a imagem de outra pessoa exatamente como todos nós fazemos dia a dia nesse mundo tão tecnológico, são retratados de uma forma muito bem feita. Eu nunca gostei do Dan, sempre o achei sonso com cara de menino bonzinho, mas ele não é tão vilão assim quando você analisa que ali ninguém é mocinho de verdade, com exceção do Nate, que se os jovens de Uper East Side não enviassem fofocas e dicas para a Gossip Girl o blog não teria tanta fama e poder. A série nos faz refletir como estamos expostos nas redes sociais, de como nos sentimos mal quando espalham fofoca nossa na internet, como as pessoas usam umas as outras de uma forma negativa na internet. Eu poderia ficar aqui o dia todo falando da série porque eu sou muito fã. Uma série com pano de fundo juvenil, mas BEM ADULTA. Uma série gostosa, engraçada, linda e com um ótimo elenco e ótimos conflitos que você se sente vontade de assistir de novo, de novo e sempre. Xoxo. 

Chuck e Blair FOREVER

24 comentários:

  1. Vi para aí em 2008 a primeira temporada toda e depois não sei porquê mas não voltei a ver.

    MRS. MARGOT

    ResponderExcluir
  2. Não assisti "Gossip Girl", na verdade eu assisti o inicio do primeiro episodio e só.
    Eu li os dois primeiros livros que originiraram a série e só.
    Bem ,eu não tenho uma imagem nada positiva do Chuck ,mas como eu disse tive pouco contato com a série.
    Mas deu para perceber que a serie fala sobre alguns assuntos serios
    Gostei do analise

    Beijos

    Meu mundinho quase perfeito

    ResponderExcluir
  3. Olá, Karina.
    Nunca assisti essa série. Hoje em dia tem bastante restrições quanto ao que mostra nos filmes e séries, mas o mesmo tempo tem coisas bem piores que antigamente hehe. Por ser uma série mais antiga, acredito que não assistiria, mas achei bem interessante seu análise da série. Eu que não conhecia nada sobre ela, fiquei sabendo bastante coisas hehe.

    Prefácio

    ResponderExcluir
  4. Adorei!

    http://iameleine.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  5. Amei o post, tenho as 6 temporadas no computador só que nunca consegui terminar de assistir.
    Beijos
    lolamantovani.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Eu amavaaaa gossip girl quando eu assistia! Lembro que terminei a série antes do ensino médio e agora to na faculdade então já faz um tempo. Aiii que vontade de ver de novo!! Blair e Chuck <3 <3

    Beijos,
    Próxima Primavera

    ResponderExcluir
  7. Que saudades de Gossip Girl!
    Sobre isso dos atores não conseguires se desvincular dos personagens, deve ser bem chato para eles né. Eles estão em outros projetos hoje em dia e as pessoas ainda perguntam de Gossip hahahaha.

    Beijos
    http://orangelily.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Não cheguei a assistir a série, não faz muito meu estilo, mas tenho que admitir que os cenários e looks são divinos.
    Charme-se

    ResponderExcluir
  9. Nunca assisti Karina, sempre achei a temática um pouco teen demais para o meu gosto... Mas quem sabe não dou uma chance no futuro? Ficou muito legal o post! Um beijo :*

    Não Me Mande Flores

    ResponderExcluir
  10. Hey, Karina!
    Ahhhhh, essa série! O que dizer de Chuck e Blair? É amor para sempre, por aqueles dois! Eu concordo com você, acho que os atores ainda não deixaram seus personagens. E vai ser um casal icônico que fará falta, sempre e sempre. Eu também sempre fui mais Queen B e Chuck. O Dan realmente era muito sonso... nunca engoli! Tenho ótimas recordações da série e da trilha sonora, magnífica, dela... Deu até saudade agora. Adorei o post!
    Mil beijokas - Entre um Livro e Outro

    ResponderExcluir
  11. Oiii Ka é a Jhe do @sussurrando_sonhos adorei o blog.

    Eu não assisto muitas séries, mas tenho muita vontade quero minha Netflix kkkkkk.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  12. Oie Karina =)

    Embora essa seja uma série super queridinha eu não assisti ela. Até adicionei ela na minha lista na Netflix, mas confesse que tenho uma pouco de preguiça de assistir séries com muitos episódios e várias temporadas rs...

    Beijos;***
    Ane Reis | Blog My Dear Library.

    ResponderExcluir
  13. Eu nunca acompanhei, mas acho lindos os looks.
    Beijos!
    Blog Pam Lepletier

    ResponderExcluir
  14. muitas meninas falam super bem dessa serie, mas eu ainda nao assisti, com certeza preciso ver!

    www.tofucolorido.com.br
    www.facebook.com/blogtofucolorido

    ResponderExcluir
  15. Oii Karina, tudo bem?
    Eu comecei a assistir, mas parei na segunda temporada e fui logo para o último episódio da ultima temporada para descobrir quem era a GG.E era o Dan. Ai eu pensei "que bom que não assisti até o final para saber isso" Mas concordo com você, a série retrata assuntos muito polêmicos, e ainda era na época em que a internet não era tão difundida ainda, não tinha a proporção que tem hoje, e já trazia assuntos muito atuais.
    Amava ver o Chuck e a Blair juntos, a química daquele casal, sempre shippei mais do que o Dan e a Serena!
    Eu fiquei tão viciada no estilo da Blair, que queria até usar as tiaras dela, e comprei algumas para usar na escola até! hahaha
    "And who am I? That's a secret that i'll never tell. You know you love me. X.O.X.O Gossip Girl"
    Beijos, Tau
    versos-de-inverno.blogspot.com

    ResponderExcluir
  16. Cheguei assistir a primeira temporada e não gostei, a premissa era até interessante, só que os atores são ruins, a narrativa é ruim, parece Malhação, nãocurti, mas entendo e respeito muito que você tenha gostado!

    chronicleuntold.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  17. Assisti até a 4ª temporada, se não me engano, e acabei abandonando. Mas nem sei o porquê, entende? Hahaha um dia volto a assistir.

    Beijo!
    CONTROVÉRSIAS.

    ResponderExcluir
  18. acredita que eu nunca consegui terminar a série? comecei a assistir e acabei não me prendendo mas tenho planos de algum dia ainda conseguir chegar ao final! hahaha
    beijos e sucesso <3
    http://www.barbarameyer.com.br

    ResponderExcluir
  19. Série inesquecível!!! Amei o post, saiu muito legal! Na vdd eu nem tentava descobrir quem era a Gossip Girl kkkk de tão envolvida... Mas tbm não imaginava que seria o Dan pq ele muitas vezes tava lá tomando um café, aí do nada ele tbm recebe uma notificação da Gossip Girl.
    Beijos ❤
    Jardim de Palavras

    ResponderExcluir
  20. Eu já tentei assistir GG, vi a primeira temporada inteira mas não consegui gostar, sabe? A única pessoa que segurava a série pra mim era a Blair, e sinceramente nem do Chuck eu gostava, então parei de ver mesmo haha e depois desse spoilerzão de quem é a Gossip Girl, perdi mais ainda a vontade de ver :/ Mas enfim, acho lindo quando a gente ama tanto uma série assim, eu sinto muito isso com Sense8 <3
    Um beijão,
    Gabs | likegabs.blogspot.com ❥

    ResponderExcluir
  21. BLAIR RAINHA O RESTO NADINHA ♥
    nossa, passei noites e noites com as migas maratonando essa série!

    ResponderExcluir
  22. A minha série de sempre! Tenho de admitir que foi a série que mais gosto me deu em ver. Chuck e Blair <3

    Volta & Meia
    Facebook

    ResponderExcluir